20/02/2020
Companhias Aéreas

Southwest Airlines só volta a operar B737 MAX em agosto

Bem como American Airlines, Alaska Airlines e United Airlines, a Southwest Airlines também se viu obrigada a adiar a retomada das operações do B737 MAX, que segue parado desde março de 2019 e que só deve voltar a voar em meados de 2020. A nova data estabelecida para os voos do narrowbody é o dia 10 de agosto, o que significa o cancelamento de cerca de 371 voos dos 4 mil programados para um dia.

Somente no ano passado, a não operação do B737 MAX custou US$ 828 milhões aos cofres da Southwest, que já conseguiu compensações financeiras com a Boeing e permanece confiante no retorno da aeronave ao serviço. “Permanecemos confiantes de que, uma vez certificado pela Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA), o aprimoramento irá dar total suporte às operações seguras do B737 MAX”, disse a Southwest, em nota.

Newsletter